Tudo o que você precisa saber para planejar sua viagem para Salvador: Como chegar, o que fazer, horários dos pontos turísticos e até dicas para praticar um turismo sustentável na cidade.

Você sabia que além de ser a capital da Bahia, Salvador foi a primeira capital brasileira? Nesse guia completo você encontrará ainda mais curiosidades, dicas sobre o que fazer em Salvador, informações sobre os principais pontos turísticos, museus e igrejas da cidade.

Viajar para Salvador é viajar na nossa própria história. É entender de onde vem a força do povo brasileiro ao aprendemos sobre a resistência religiosa, gastronômica e musical trazida pelos negros que foram escravizados, ou através da história da Irmã Dulce, que não desistiu de ajudar “seus pobres e doentes” mesmo em momentos desafiadores.

Nunca imaginei que fosse me apaixonar tanto por essa cidade. Nós ficamos 1 mês aqui e não foi o suficiente para conhecer tudo. Se puder, reserve no mínimo uma semana nesse destino encantador e acolhedor.

Para uns, uma viagem a Salvador é apenas uma oportunidade para curtir o carnaval ou tirar uma foto colorida no Largo do Pelourinho. Mas, deixo aqui meu convite para que você faça dessa uma viagem transformadora e repleta de aprendizados.

Onde fica Salvador

A cidade de Salvador está localizada no nordeste brasileiro, no estado da Bahia. Esta cidade litorânea fica a pouco mais de 700 km de Porto Seguro, quase 2.000km de São Paulo e mais de 1600km do Rio de Janeiro.

Veja onde fica Salvador no mapa:

Quando ir para Salvador, Bahia

Você pode visitar Salvador em qualquer época do ano, considerando que a temperatura média na cidade varia entre 24°C e 27°C e as águas estão sempre mornas. Mas, evite viajar entre abril e julho se quiser fugir do período mais chuvoso.

Nós estivemos em Salvador entre outubro e novembro de 2021 e foi perfeito por ser baixa temporada. Nessa época e no verão é comum chover um pouco e minutos depois o céu limpar como se não houvesse caído uma só gota.

Se você vier entre dezembro e março, prepare-se para os preços de alta temporada. Vai passar o carnaval em Salvador? Não esqueça de reservar sua hospedagem com antecedência, afinal, esta é a época mais concorrida.

Clima em Salvador:

Esta imagem mostra como é o clima em Salvador ao decorrer do ano:

Grafico do clima em Salvador na Bahia - Descubra quando ir para Salvador
Clima em Salvador, Bahia
Imagem: climate-data.org

Como chegar em Salvador e circular pela cidade

Você pode chegar em Salvador de avião, ônibus ou de carro. Se vier de outras cidades da Bahia e até mesmo de Sergipe ou Alagoas, você pode encarar as duas últimas opções. No mais, pegar um voo para o Aeroporto Internacional de Salvador – Dep. Luís Eduardo Magalhães (IATA: SSA) é a melhor alternativa.

Atenção: A cidade é grande! Assim como não dá pra fazer tudo a pé em São Paulo, você não conseguirá fazer isso em Salvador. Escolha bem a hospedagem para que ela esteja próxima aos locais que deseja visitar.

O Terminal Rodoviário de Salvador fica na Av. Antônio Carlos Magalhães, 4.362 no bairro de Pituba e conta com uma estação próxima de metrô, a Estação Rodoviária.

Mapa metro Salvador
Mapa do metrô de Salvador
Fonte: CCR Metrô Bahia

O metrô funciona bem, mas infelizmente não passa nos pontos mais turísticos. Ainda assim, ele pode ser vantajoso para quem se hospeda numa região mais central ou para quem quer economizar pegando um metrô do aeroporto ou da rodoviária até a estação mais próxima da hospedagem e um ônibus municipal ou Uber na sequência.

Salvador também conta com ônibus local. Neste site você consegue colocar sua origem e destino e identificar qual a linha que deve pegar e horários do ônibus. A que mais deve te ajudar é esta que vai do aeroporto para a Praça da Sé.

Se você quer mais conforto, pode optar por pegar um táxi ou Uber. Por fim, o transporte que eu mais usei foi Uber devido ao custo x benefício.

Dica LMTM: Vai pegar Uber ou Táxi via app? Assim como em qualquer lugar do mundo, não se esqueça de conferir o veículo, a placa e o nome do motorista antes de entrar.

Para os amantes de atividade física, a orla conta com diversos pontos de locação/devolução de bicicletas do Itaú.

Informações gerais

Dúvidas frequentes sobre Salvador:

Quantos habitantes tem em Salvador?

O município de Salvador tem 2,9 milhões de habitantes, sendo este o mais populoso da Bahia e o quarto mais populoso do Brasil.

Por que Salvador foi construída na parte mais alta de um morro?

Como um forte, Salvador foi estrategicamente construída pelos portugueses na parte alta para que eles pudessem ter uma visão privilegiada e proteger a cidade de possíveis invasores.

Quando Salvador foi fundada?

Salvador foi fundada em 29 de março de 1549. É uma das cidades mais antigas do Brasil.

Salvador é seguro?

Assim como em qualquer outra grande cidade no Brasil e no mundo, precisamos ficar atentos. Nossa dica é que você evite caminhar com câmeras fotográficas ou com o celular muito à mostra. Pochetes são acessórios recomendados, fica seguro para guardar seus pertences e prático de tirar o celular para fotografar. Evite também ficar andando a pé à noite, melhor não dar sorte para o azar né?! 😉

O que fazer em Salvador

Há muito mais o que fazer em Salvador do que você pode imaginar! Neste guia compartilhamos as melhores atrações, pontos turísticos e experiências que a cidade pode te proporcionar. Confira!

1) Conheça os principais pontos turísticos de Salvador

Mercado Modelo

O Mercado Modelo fica na cidade baixa e é uma das portas de entrada para o Centro Histórico. Ele é ótimo para quem quer comprar artesanatos e também conta com deliciosos restaurantes de culinária típica baiana.

Dica LMTM: Provamos a moqueca vegetariana do restaurante Camafeu de Oxóssi e estava divina!

Mercado Modelo - Pontos Turisticos de Salvador
Entrada do Mercado Modelo
Foto: Elaine Villatoro

Valor de entrada: Gratuito
Horário de funcionamento: Segunda a sábado das 9h às 18h / Domingo das 9h às 14h
Endereço: Praça Visconde de Cayru, 250 – Comércio
Contato: (71) 3242-5860
Site: https://www.mercadomodelosalvador.com/

Elevador Lacerda

O Elevador Lacerda, primeiro elevador urbano do mundo, conecta a cidade baixa com a cidade alta, onde você encontrará o Centro Histórico. Ele fica em frente à Baía de Todos os Santos e tem uma vista linda, perfeita para tirar fotos.

Elevador Larcerda - Um dos mais renomados pontos turísticos de Salvador, Bahia
Elevador Lacerda – Um dos mais renomados pontos turísticos de Salvador
Foto: Elaine Villatoro

Valor de entrada: R$0,15*
Horário de funcionamento: (Durante a pandemia) Segunda à sexta – 7h às 17h30 / Sábado – 8 às 17h.
Endereço: Praça Cairu, na Cidade Baixa, e a Praça Tomé de Sousa, na Cidade Alta.
Site: http://mobilidade.salvador.ba.gov.br/

Praça da Sé

Essa é uma praça que gerou polêmica durante sua história. Antes abrigava o antigo templo da Sé Primacial do Brasil, construído em 1553, e demolido em 1933 para dar espaço aos bondinhos.

Hoje, é um grande calçadão que abriga outros monumentos históricos como o Memorial das Baianas do Acarajé e o Zumbi dos Palmares.

Praca da Se  - O que fazer no Centro de Salvador
Praça da Sé – Centro de Salvador
Foto: Elaine Villatoro

Largo do Pelourinho

A palavra pelourinho remete à uma grande pedra onde os escravos eram castigados. Hoje, o largo e o bairro representam a história da luta negra, que toma conta lindamente das ruas e prédios, trazendo fortes cores, sabores, músicas e manifestações religiosas para o local. 

Pelourinho - Pontos turisticos de Salvador
Vista do Pelourinho
Foto: Elaine Villatoro

Farol da Barra

Pense em um local que presenciou toda a história de Salvador, esse é o Farol da Barra.

Este ponto turístico de Salvador merece uma parada obrigatória. Seja para visitar o Museu Náutico que fica lá dentro, ou para apreciar a paisagem durante o pôr do sol.

por do sol no Farol da Barra Ponto turistico salvador
Pôr do sol no Farol da Barra – Um dos cartões postais de Salvador
Foto: Elaine Villatoro

Teatro Miguel Santana e o Balé Folclórico da Bahia

Esse teatro é casa do Balé Folclórico da Bahia desde 2014. Além de shows diários, o grupo também desenvolve projetos sociais como o Balé Junior. É uma oportunidade incrível de conhecer as danças folclóricas brasileiras com matrizes africanas.

Balé Folclórico da Bahia - O que fazer na Bahia para passeio cultural
Balé Folclórico da Bahia / Samba de Roda
Foto: Vinícius Lima via site

Valor de entrada: Por hora, devido ao COVID-19, as atividades estão ocorrendo online pelo Instagram.
Horário de funcionamento: Quarta à segunda – 20h
Endereço: Rua Gregório de Matos, 49 – Pelourinho
Contato: (71) 3322-1962
Site: https://www.balefolcloricodabahia.com.br/ 

Casa do Olodum

É difícil pensar em Salvador e não lembrar do Olodum! Esse grupo transpassa o papel de banda, disseminando educação e cultura. Aproveite sua visita ao Pelourinho para conhecer a Casa do Olodum, onde você encontrará instrumentos e souvenirs da banda à venda.

casa do olodum - dica do que fazer no pelourinho salvador
Casa do Olodum
Foto: Elaine Villatoro

Valor de entrada: Gratuito
Horário de funcionamento: Segunda à sábado 08h às 18h / Domingo 10h às 17h
Endereço: R. Maciel de Baixo, 22 – Pelourinho
Contato: (71) 99241-4086
Site: https://olodum.com.br/

Farol de Itapuã

O farol mais cantado do Brasil também é um ponto turístico de Salvador. A torre de 21 metros tem esse nome por estar localizada na Praia de Itapuã.

Importante! A área interna do Farol de Itapuã não é aberta para visitação.

Farol de Itapuã
Farol de Itapuã
Foto: Elaine Villatoro

Dica LMTM: Essa praia não é das mais bonitas (na minha opinião), por isso, minha dica seria vir aqui apenas para conhecer rapidamente.

Endereço: Rua Farol de Itapuã S/N – Itapuã

Ponta do Humaitá

Nesta charmosa ponta está um conglomerado arquitetônico, incluindo a Igreja e Mosteiro de Monte Serrat e o Farol de Monte Serrat. Aqui você pode curtir um belo pôr do sol e provar a culinária baiana.

Endereço: R. da Boa Viagem, 56 – Monte Serrat

2) Relaxe na beira das Praias de Salvador

Se você estiver na dúvida do que fazer em Salvador num dia de sol, fique tranquilo. As praias da capital baiana proporcionam diversas atividades.

Caia num mergulho ou ande de stand up paddle na praia Porto da Barra, aprenda a surfar na Praia do Flamengo, relaxe e beba um bom drink no Blue Praia Bar que fica na Praia do Buracão, coma um queijo coalho com melaço na Praia da Barra, ou ande de bicicleta pela orla.

O que fazer nas praias de Salvador
Praia Porto da Barra em Salvador, Bahia
Foto: Elaine Villatoro

Confira nosso artigo sobre as melhores praias de Salvador para maiores informações.

Dica LMTM: Antes de cair na água, verifique sua balneabilidade. Você pode confirmar essas informações no site do INEMA ou através de uma busca atualizada no Google.

3) Reforce sua fé

Seja em uma das 372 igrejas católicas ou em algum terreiro/espaço dedicado aos orixás do candomblé, a fé faz parte da cultura baiana. Veja onde você pode reforçar sua fé em Salvador:

Igreja do Senhor do Bonfim

As fitinhas do Bonfim você já deve conhecer, ela é um ícone da cidade baiana, agora quer saber de onde elas vêm? Conheça a Basílica do Senhor do Bonfim. Você poderá visitar a Basílica, o museu do local e pendurar suas fitas com preces nas grades externas do local.

Igreja Nosso Senhor do Bonfim - Uma das igrejas de Salvador
Igreja Nosso Senhor do Bonfim em Salvador, Bahia
Foto: Elaine Villatoro

Valor de entrada: Gratuito
Horário de funcionamento: Segunda à quinta e sábado – 6h30 às 18h / Sexta e domingo – 5h30 às 18h
Endereço: Praça Sr. do Bonfim, s/n – Bonfim
Contato: (71) 3316-2196
Para mais informações acesse: Facebook da Basílica Santuário do Senhor do Bonfim

Emocione-se no Memorial Irmã Dulce

Freira baiana canonizada pelo Vaticano, Irmã Dulce teve um grande impacto em sua comunidade através dos seus trabalhos assistencialistas. No Memorial Irmã Dulce você pode conhecer a história desta Santa, ver seu quarto que ainda está intacto, além de outros itens que marcaram a sua história.

Memorial Irma Dulce - Um dos lugares para ir em Salvador
Memorial Irma Dulce
Foto: Elaine Villatoro

Valor de entrada: Gratuito (Necessário agendamento)
Endereço: Av. Dendezeiros do Bonfim, 161 – Bonfim
Contato: (71) 3310-1923 
Site: https://www.irmadulce.org.br

Igreja e Convento de São Francisco

Igreja e Convento de São Francisco - Salvador

Considerado uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa do Mundo, essa construção de arte barroca é exuberante e traz detalhes únicos, como os azulejos portugueses, esculturas detalhadas e com parede e teto totalmente trabalhados.

O conjunto é interessante também por representar um contraste com as ideias franciscanas de simplicidade, que atacava o luxo das igrejas. 

Valor de entrada: R$ 5,00*
Horário de funcionamento: Segunda, quarta, quinta, sexta e sábado – 9h às 17h30
Endereço: Largo do Cruzeiro de São Francisco, S/N – Pelourinho
Contato: (71) 3322-6430

Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos

A Irmandade Nossa Senhora do Rosário dos Pretos é uma importante confraria criada por negros para assegurar a sua religiosidade. A igreja em Salvador foi fundada em 1685 e construída em 1704.

Nas terças-feiras às 17h você pode conferir durante a missa uma imperdível união entre o catolicismo e o candomblé.

Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos
Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos
Foto: Elaine Villatoro

Valor de entrada: R$ 5,00*
Horário de funcionamento: Visitação – Segunda à Sexta – 8h às 12h e 13h às 17h / Sábado – 8h às 19h
Endereço: Largo do Pelourinho, s/n – Pelourinho
Contato:  (71) 3421-5781

Casa de Yemanjá

Iemanjá, conhecida Orixá padroeira dos pescadores, é cultuada especialmente em Salvador. No dia 2 de fevereiro a Praia do Rio Vermelho recebe devotos de todas as partes para lançar oferendas ao mar.

Mas você não precisa esperar este dia para visitar a pequena e potente Casa de Yemanjá, local com oferendas e rezas para o ano inteiro que fica no bairro Rio Vermelho.

Casa de Iemanja Rio Vermelho
Parte interior da Casa de Iemanjá
Foto: Elaine Villatoro

Dica LMTM: Quer saber por que dia 2 de fevereiro é considerado o Dia de Iemanjá? Assista nossos stories de Salvador.

Endereço: R. Guedes Cabral, 143 – Rio Vermelho

4) Se jogue na culinária baiana

Deixe a dieta de lado e se jogue nas delícias da Bahia. Com moderação, claro 😅.

Comidas típicas

A comida baiana é maravilhosa e única. Prove acarajé, abará, moqueca, cocada, bolinho de estudante, pão delícia, caruru, mugunzá, entre outras comidas típicas da Bahia.

Baiana vendedora de cocadas e acarajé

Não sabe onde provar acarajé? Os mais famosos são o Acarajé da Dinha (meu preferido) e o Acarajé da Cira, ambos no Rio Vermelho.

No Pelourinho, não deixe de experimentar o suco de limão com coco do Sr. Milton em frente à Fundação Casa Jorge Amado, a cachaça do Cravinho Bar, e a cocada da Dona Júlia, a senhora desta foto à direita, que fica sempre próximo à Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos.

Sorveterias

É muito comum encontrarmos a Sorveteria da Ribeira entre as dicas do que fazer em Salvador. Nós fomos em quatro sorveterias na cidade, aqui vai nosso ranking:

Sorveteria da Ribeira - Onde tomar sorvete em Salvador
A famosa Sorveteria da Ribeira
Foto: Elaine Villatoro
  1. Crema – Fica no Largo de Santana, Rio Vermelho. Prove os sabores “Amarena” e “Ferrero Rocher”.
  2. Le Glacier La Porte – Largo do Cruzeiro de São Francisco
  3. Sorveteria da Ribeira – Só prove se for na unidade da Ribeira, nas demais a qualidade cai muito. Prove o sabor “Delícia de Abacaxi”.
  4. A Cubana – Várias unidades

5) Aproveite o pôr do sol

O que não vai te faltar são lugares lindos para apreciar o pôr do sol em Salvador.

Seja nos pontos mais turísticos como da parte superior do Elevador Lacerda, na Praia ou Farol da Barra, na varanda de um dos bares de Santo Antônio Além do Carmo, enquanto ouve um bom jazz (sábados) ou pratica yoga gratuitamente (domingos) na parte de trás do MAM, ou quem sabe em lugares menos divulgados como no Mirante Wildberger e Larri Bistrô que ficam no Corredor da Vitória.

6) Visite os museus de Salvador

Fundação Casa de Jorge Amado

Jorge Amado, um dos maiores escritores brasileiros, nasceu no Sul da Bahia e terminou seus estudos no colégio em Salvador. Suas obras regionalistas foram retratadas na televisão e cinema. 

“Inaugurada em 7 de março de 1987, a Fundação Casa de Jorge Amado, foi idealizada e instituída com o objetivo de preservar e estudar os acervos bibliográficos e artísticos do escritor Jorge Amado, assim como incentivar os estudos e pesquisas acima de toda literatura feita na Bahia.” – Fundação Casa do Jorge Amado.

Fundacao Casa Jorge Amado Pelourinho
Fundação Casa Jorge Amado no Pelourinho
Foto: Elaine Villatoro

Valor de entrada: Gratuito
Horário de funcionamento: Segunda a Sexta das 10:00 – 18:00 / Sábado das 10:00 – 16:00
Endereço: Rua das Portas do Carmo Nº 49/51 – Largo do Pelourinho
Contato: (71) 4103-0081
Site: https://www.jorgeamado.org.br/

Museu Afro-Brasileiro (MAFRO)

O museu, já surpreende pela beleza da sua fachada. Ele é um importante acervo sobre a história africana e afro-brasileira. 

Além de contar com exposições fixas, como a de Carybé e suas 27 talhas que representam os orixás do candomblé, o MAFRO também recebe obras temporárias.

Horário de funcionamento: FECHADO TEMPORARIAMENTE 
Endereço: Largo do Terreiro de Jesus s/n, Prédio da Faculdade de Medicina da Bahia, Centro Histórico Salvador
Contato: (71) 3283-5540
Site: http://www.mafro.ceao.ufba.br/

Cidade da Música da Bahia

Entre o Mercado Modelo e o Elevador Lacerda, Cidade da Música da Bahia conta a rica história da música baiana, que influencia tanto a cultura brasileira. Toda exposição é audiovisual e traz o contexto musical da cidade em geral, os estilos musicais existentes ali e ainda possuem salas de interação com direito à karaokê, batalhas de rap e trap e outras atrações.

Museu Cidade da Musica da Bahia - O que fazer em Salvador com crianças
Museu Cidade da Música da Bahia
Foto: Elaine Villatoro

Valor de entrada: R$ 20* (inteira) / R$ 10* (meia entrada) – NECESSÁRIO AGENDAMENTO
Horário de funcionamento: Terça a domingo – 10h às 18h, com entrada até as 17:00
Endereço: Praça Visconde de Cayru, 19 – Comércio
Contato: (71) 3106-4659
Site: https://cidadedamusicadabahia.com.br/

Dica LMTM: Visite primeiro este museu e depois a Casa do Carnaval, fará mais sentido.

Museu de Arte Moderna da Bahia – MAM

O Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM) é um espetáculo dentro e fora. Localizado no Solar do Unhão, tem uma paisagem maravilhosa, um pôr-do-sol digno de uma peça artística, além de suas esculturas externas, cinco salas de exposições internas e uma sala de cinema. 

Museus de Salvador - MAM
Museu de Arte Moderna da Bahia – MAM
Foto: Elaine Villatoro

Valor de entrada: Gratuito
Horário de funcionamento: Segunda à sexta – 9h às 12h – 13h às 16h
Endereço: Av. Lafayete Coutinho, s/n – Comércio
Contato: (71) 3117-6132 
Site: http://www.mam.ba.gov.br/

Casa do Carnaval da Bahia

Um dos mais, senão o mais tradicional carnaval de rua do Brasil, Salvador costuma levar para suas ruas pessoas do mundo inteiro que acompanham os blocos de axé. O carnaval baiano é único e, portanto, tem um museu só para ele. Conheça a história e se diverta com os artefatos carnavalescos na Casa do Carnaval da Bahia.

Casa do Carnaval em Salvador - O que fazer em Salvador com chuva
Casa do Carnaval em Salvador
Foto: Elaine Villatoro

Valor de entrada: R$ 20* (inteira) / R$ 10* (meia-entrada) / Quarta-feira acesso gratuito com agendamento
Horário de funcionamento: Terça a Domingo – 10h às 18h
Endereço: Praça Ramos de Queirós, s/n – Pelourinho
Contato: (71) 3324-6360
Site: Instagram

Memorial das Baianas do Acarajé

Durante sua viagem para Salvador, certamente, você encontrará as tradicionais Baianas do Acarajé. Essas mulheres e o acarajé ultrapassam a culinária, trazendo uma história de resistência e simbologia através das vestimentas no corpo e sabores no prato.

Baiana do Acaraje
Baiana no centro de Salvador
Foto: Elaine Villatoro

Conheça o memorial feito especialmente para contar a história e homenagear as Baianas do Acarajé.

Horário de funcionamento: FECHADO PARA REFORMA, PREVISÃO DE REABERTURA EM DEZEMBRO/2021.
Endereço: Cruz Caída, Praça da Sé – Pelourinho
Contato: (71) 3322-9674

Dica LMTM: Quer saber por que as baianas usam essa vestimenta? Assista nossos stories de Salvador.

Museu Geológico

Se você reservar um dia para bater perna no Corredor da Vitória, aproveite para conhecer o Museu Geológico. É um passeio perfeito para quem gosta de conhecer a história da Terra marcado em suas pedras, com um toque especial de ser focado na região baiana.

Valor de entrada: Gratuito
Horário de funcionamento: Terça à sexta das 13h às 18h / sábados e domingos das 13h às 17h (Caso queira uma visitação guiada é necessário agendar em [email protected] 
Endereço: Avenida Sete de Setembro, 2195, Corredor da Vitória
Contato: (71) 3336-3498
Site: http://www.mgb.ba.gov.br/

Obs: Me falaram que lá dentro tem um café bem gostoso. ☕

Memorial e Fundação Pierre Verger

Pierre Verger foi um fotógrafo e antropólogo francês extremamente importante no estudo e registro da cultura afro-brasileira, principalmente os aspectos religiosos do candomblé. Quer conhecer mais sobre seu trabalho? Visite gratuitamente o Memorial Pierre Verger ou a Galeria do Pelourinho.

Dica LMTM: Recomendo o livro Orixás de Pierre Verger.

Fundacao Pierre Verger - Um dos museus de Salvador
Fundação Pierre Verger – Galeria no Pelourinho
Foto: Elaine Villatoro

Memorial Pierre Verger: Trata-se da casa onde Verger morou.
Horário de funcionamento:  Visita: 8h00 – 12h00 (Necessário agendamento)
Endereço: 2ª Travessa da Ladeira da Vila América, 6 – Engenho Velho de Brotas
Contato: (71) 3203 8400
Site: https://www.pierreverger.org

Fundação Pierre Verger Galeria
Horário de funcionamento: Segunda a sábado: 9:00 às 19:00
Endereço: Portal da Misericórdia, nº 9, Loja 1 (Próximo ao Pelourinho)
Contato: (71) 3321 2341
Site: https://www.pierreverger.org

Espaço Carybé de Artes 

Apesar de ser argentino e ter andando em muitos lugares antes de chegar em Salvador, Carybé conquistou o coração da cidade baiana. Sua arte é vibrante e recebe muita influência do candomblé. Neste espaço você pode ver um acervo virtual.

Obs: Todos os dias das 18h15 até as 19h suas obras são exibidas na fachada do prédio.

Valor de entrada: R$ 20* (inteira) / R$ 10* (meia) – Quarta-feira gratuito
Horário de funcionamento:  Quarta à segunda-feira – 11h às 19h
Endereço: Forte de São Diogo, Porto da Barra
Contato: [email protected]
Site: https://www.instagram.com/espacocarybe/

Memorial Casa Di Vina

Não sabe o que fazer na Praia de Itapuã em Salvador? Visite o memorial de Vinicius de Moraes que fica na casa onde ele morou junto a atriz baiana Gessy Gesse no início dos anos 70.

O memorial pode ser acessado pelo Casa Di Vina Restaurante. Ele conta com um acervo repleto de objetos e fotos do poeta e esposa, além de quadros que contam histórias e curiosidades do período em que ali viveram.

Casa de Vinicius de Moraes Itapua
Casa de Vinicius de Moraes em Itapuã
Foto: Elaine Villatoro

Valor de entrada: Gratuito
Horário de funcionamento: Segunda a domingo das 12h às 22h
Endereço: Rua Flamengo 44, Farol de Itapuã
Contato: (71) 3285-7339 / WhatsApp: (71) 99711-3374
Site: https://www.casadivinabahia.com.br/

Casa do Rio Vermelho

A casa onde Jorge Amado e Zélia Gattai viveram foi transformada em um museu com um acervo incrível e vídeos cheios de história. É aqui também que suas cinzas foram depositadas conforme o desejo do casal.

Casa Vermelha Jorge Amado
Um dos cômodos da Casa do Rio Vermelho
Foto: Elaine Villatoro

Valor de entrada: R$20* inteira R$10* meia entrada
Horário de funcionamento: Terças a Domingos, das 10h às 18h. Entrada até 17h
.
Endereço: Rua Alagoinhas, nº 33, Rio Vermelho
Contato: (71) 3104-4659
Site: http://casadoriovermelho.com.br/

Museu Náutico da Bahia

Se você ama navegar, não deixe de ir ao Museu Náutico da Bahia. Ele apresenta parte da história do nosso país ao exibir peças de embarcações e tripulantes que ficaram submersas por cerca de 300 anos.

Valor de entrada: R$ 15 (inteira) / R$ 7,50 (meia)*
Horário de funcionamento: Segunda-feira à domingo – 9h às 18h
Endereço: Largo do Farol da Barra, s/n – Forte de Santo Antônio da Barra – Barra
Contato: (71) 98890-0964
Site: https://www.museunauticodabahia.org.br/

7) Desfrute os benefícios dos melhores bairros de Salvador

Santo Antônio Além do Carmo

Próximo ao Centro Histórico, Santo Antônio Além do Carmo é um bairro muito charmoso. Não faltarão construções antigas com um toque de arquitetura barroca para apreciar. Por ali, você pode caminhar até o Largo do Carmo, onde há vista para a Baía de Todos os Santos, visitar igrejas e aproveitar os bares e empreendimentos do local.

Este é meu bairro favorito para tomar uma cerveja no fim de tarde enquanto assiste ao pôr do sol da varanda de um dos bares da região, como: Bar Cruz do Pascoal, Poró Restaurante & Bar, Raiz Restaurante, entre outros.

Pelourinho

O bairro vai do Largo do Pelourinho até o Terreiro de Jesus.

Movimento Percussivo Salvador Pelourinho

Reserve um sábado ou domingo todinho para passear no Pelourinho. Além de curtir com tranquilidade os museus da região, aproveite para entrar nas lojas, tomar o suco de limão com coco do Sr. Milton, dançar e cantar ao som do Movimento Percussivo e comer uma cocada, acarajé ou bolinho de estudante da Dona Júlia. 

Rio Vermelho

Acaraje da Dinha Rio Vermelho

Ficar hospedado e passear pelo bairro mais boêmio de Salvador é tudo de bom!

No Largo de Santana, além de encontrar a Igreja de Santana e a escultura em homenagem à Jorge Amado e Zélia Gattai, você pode se deliciar com o Acarajé da Dinha, tomar uma cerveja gelada no Parador Z1 ou aproveitar a minha sorveteria favorita de Salvador, a Crema Gelato Italiano.

Também no Rio Vermelho, está a Casa de Yemanjá, a Praia do Buracão que conta com o Blue Beach Bar, a Casa Castanho que é um excelente lugar para tomar café, a Casa de Jorge Amado, o Largo da Mariquita e o badalado EcoSquare.

8) Faça um trabalho voluntário em Salvador

A melhor maneira de conhecer um destino de forma profunda é vivendo o dia a dia dos locais. O intercâmbio de trabalho voluntário da Worldpackers te possibilita isso.

Entenda aqui como a Worldpackers funciona!

Você pode se candidatar para diversos tipos de vagas de trabalho voluntário em Salvador, como por exemplo, trabalhar em um hostel na Praia da Barra ou até participar de algum projeto de voluntariado ambiental na região.

Nós participamos de uma vivência em agrofloresta num município vizinho, confira como foi nossa experiência:

Desconto worldpackers

9) Mergulhe na cultura de Salvador

Afroturismo

Ir para Salvador é uma excelente oportunidade de conhecer a cultura afro-brasileira. Se você quer despertar sua consciência negra, existem diversos passeios com este foco que são organizados pelo Guia Negro!

Afroturismo em Salvador Bahia

Nós participamos da Caminhada Salvador Negra, se tem um passeio que todos devem fazer em Salvador, eu diria que é esse!

Valor: A partir de R$ 50 por pessoa*. Detalhes disponíveis no site abaixo.
Contato: (11) 99279-4902 (WhatsApp)
Site: https://guianegro.com.br/

Visita a um terreiro de candomblé

O sincretismo religioso está mais presente em nossa cultura do que a maioria de nós pode imaginar. A guia Sayuri pode te levar a um terreiro de candomblé e tirar suas dúvidas.

Baiana em terreiro de candomble
Dona Janice abrindo um sorriso durante nossa visita ao terreiro de candomblé
Foto: Elaine Villatoro

Contato: (71) 99113-8033 (WhatsApp)
Site: Instagram

Aula de Capoeira

Essa prática que foi um dia proibida no Brasil, hoje é um símbolo nacional. Que tal queimar umas calorias ao som do berimbau enquanto se conecta com sua ancestralidade?

Fizemos a aula com o Mestre Bamba na Associação de Capoeira Mestre Bimba.

Aula de Capoeira - Uma das melhores coisas para fazer em Salvador
Aula de Capoeira com o Mestre Bamba – Uma das melhores coisas para fazer em Salvador, Bahia
Foto: Jilian Santos

Valor: R$ 50*
Endereço: Rua das Laranjeiras, n° 01, Pelourinho. 1° Andar
Contato: 71 3322-0639 (WhatsApp)
Site: https://www.capoeiramestrebimba.com.br/

Aula de Percussão

O atabaque e o berimbau estão muito presentes nos sambas de roda e rodas de capoeira do recôncavo baiano. Que tal aprender a tocar alguns ritmos nesse instrumento? 

Nós também fizemos a aula na Associação de Capoeira Mestre Bimba, porém com o Pézão.

O que fazer em Salvador - Experiencias
Aula de percussão na Associação de Capoeira Mestre Bimba

Valor: R$ 45*
Endereço: Rua das Laranjeiras, n° 01, Pelourinho. 1° Andar
Contato: 71 3322-0639 (WhatsApp)
Site: https://www.capoeiramestrebimba.com.br/

Assistir a uma apresentação de capoeira

Presenciar apresentações de capoeira não é algo muito difícil de fazer em Salvador. Mas se você quiser acrescentar essa experiência no seu roteiro, pode planejar ir ao Forte do Santo Antônio Além do Carmo, lá eles possuem o projeto Capoeira no Forte que tem como objetivo fomentar essa cultura e arte baiana.

Projeto Capoeira do Forte
Projeto Capoeira do Forte, em frente ao Forte de Santo Antônio Além do Carmo
Foto: Elaine Villatoro

Valor de entrada: Gratuito
Horário de funcionamento: Quinta-feira à domingo – 16h às 18:30h
Endereço: Largo de Santo Antônio Além do Carmo, s/n – Santo Antônio

10) Conheça os mercados da região

Além do Mercado Modelo, Salvador também conta com outros mercados que oferecem uma explosão de sabores e diferentes opções de artesanato:

Mercado Rio Vermelho

Para quem está hospedado no bairro do Rio Vermelho. Os preços não são muito vantajosos e eu particularmente não achei nada demais. Mas ainda assim, essa não deixa de ser uma opção.

O que fazer em Salvador - Mercado Rio Vermelho
Espaço de alimentação do Mercado do Rio Vermelho
Foto: Elaine Villatoro

Horário de funcionamento: Segunda a sábado das 7h às 19h / Domingo das 7h às 14h
Endereço: Av. Juracy Magalhães Júnior, 1624 – Rio Vermelho
Contato: (71) 3018-5733
Site: http://www.mercadodoriovermelho.com.br/

Feira de São Joaquim

Esse é o mercado mais barato de Salvador. Se você quer comprar ingredientes para cozinhar, artigos de candomblé, roupas, etc, este é o lugar ideal.

O que fazer em Salvador - Feira de Sao Joaquim
Feira de São Joaquim em Salvador, Bahia
Foto: Elaine Villatoro

Recebemos uma dica muito massa de uma seguidora, um tour que envolve a visita à feira & uma aula de culinária baiana. Se soubesse antes, teria feito.

O que fazer em Salvador - aula de culinaria

Como sou criadora de conteúdo, gostaria de fotografar e filmar mais no local. Mas, infelizmente, não me senti muito segura aqui. Ouvi alguns relatos de que é comum pegarem o celular da mão de turistas e escaparem ao entrar nos pequenos corredores da feira. Uma dica importante é, mantenha-se sempre nas ruas principais do comércio.

Horário de funcionamento: Segunda a sábado das 5h às 18h / Domingo das 5h às 14h
Endereço: Av. Eng. Oscar Pontes – Água de Meninos

11) Observe as obras artísticas de Salvador

Dique do Tororó

Próximo à Arena Fonte Nova está o Dique do Tororó, represa que foi construída no século XVII e servia como proteção contra invasões. Com o crescimento de Salvador ela foi sendo aterrada e hoje possui um lago de 110 mil metros cúbicos de água. O mais bonito aqui é admirar as esculturas de 12 orixás criados pelo artista Tatti Moreno.

Dique Tororo - um dos monumentos de Salvador
Esculturas de orixás – Dique do Tororó
Foto: Elaine Villatoro

Obs: Ouvi dizer que essa região é perigosa, fique atento com seus pertences.

Endereço: Av. Vasco da Gama, 212 – Engenho Velho de Brotas

As Meninas do Brasil

Trata-se de 3 esculturas que representam as raças formadoras do povo brasileiro, a negra, a branca e a índia. Criadas pela artista plástica baiana Eliana Kertéz, “As Meninas do Brasil” também são conhecidas como “As Gordinhas da Ondina“, bairro em que elas se encontram.

Gordinhas de Ondina
Monumento: As Meninas do Brasil

 Endereço: Av. Adhemar de Barros, 19 – Ondina

Morro do Cristo

A área ao lado esquerdo da Praia do Farol da Barra leva uma estátua de Jesus Cristo esculpida em mármore. Descanse nos gramados e curta os bares em volta do Morro do Cristo e a vista privilegiada do Farol da Barra e da orla marítima.

Endereço: Av. Oceânica – Barra

Zumbi dos Palmares

Monumento Zumbi dos Palmares

A estátua feita de bronze pela artista plástica Márcia Magno homenageia Zumbi, o último dos líderes do maior quilombo do Brasil durante o período colonial, o Quilombo dos Palmares.

Endereço: Praça da Sé – Centro Histórico

Jorge Amado e Zélia Gattai

Também feita pelo artista plástico Tatti Moreno, a escultura apresenta Jorge Amado, Zélia Gattai e cachorrinho Fadul em tamanho real no Largo de Santana, em frente à Igreja de Santana.

O que fazer no Rio Vermelho Salvador
Escultura de Jorge Amado e Zélia Gattai
Foto: Gabi Brito

Endereço: Largo de Santana – Rio Vermelho

12) Vivencie o Carnaval de Salvador

Ah, o Carnaval de Salvador! Eu ainda não tive a oportunidade de sentir essa emoção, que só poderá ser vivida quando a pandemia finalmente acabar.

Mas, por hora, fica o meu e o seu desejo de um dia poder seguir um trio em um dos famosos circuitos. Aliás, quem você mais gostaria de ver tocar? No topo da minha lista estão: Olodum, Saulo Fernandes e Bell Marques.

O que fazer em Salvador - Carnaval Olodum
Tambor do Olodum
Foto: Elaine Villatoro

O que fazer à noite em Salvador

Está na dúvida do que fazer em Salvador à noite? Opções não faltarão! Entre elas estão:

O que fazer em Salvador com chuva

Aproveite para conhecer os mais diversos museus de Salvador, encontre os amigos nos bares de Santo Antônio Além do Carmo, conheça as principais igrejas da região e aproveite o melhor da gastronomia baiana.

O que fazer nas proximidades de Salvador

Confira alguns outros destinos na Bahia e distâncias aproximadas partindo de Salvador:

O que NÃO fazer em Salvador

Resolvi ousar e compartilhar algumas coisas que achei que não valem muito a pena fazer em Salvador ou que tive referências bem negativas das pessoas que conheci:

  • Lagoa do Abaeté: Embora pareça ser muito bela, pelo menos uns 3 soteropolitanos me recomendaram que eu não fosse lá, principalmente sozinha, por ser um local que tem sido abandonado pela prefeitura e se tornado perigoso.
  • Shopping Salvador: Não planeje chegar ou sair do shopping em horário de pico. Como ele fica numa região central, há muito trânsito entre 18-19:30hs.
  • Praia de Itapuã: Esta foi a praia onde eu mais vi lixo em Salvador. Vários nativos também me falaram sobre a falta de segurança do local, o que me deixou apreensiva enquanto me hospedei por lá. Se quiser conhecer, separe umas 2/3 horinhas apenas para ver o Farol de Itapuã e visitar a Casa de Vinicius.

Curiosidades

  1. De 1549 a 1763, Salvador foi a capital do Brasil
  2. 80% da população de Salvador é negra
  3. O primeiro nome de Salvador foi “São Salvador da Bahia de Todos os Santos”
  4. Salvador já apareceu em diversos videoclipes de gringos como: Michael Jackson – They don’t care about us, Paul McCartney – Back In Brazil, Paul Simon – Obvious Child

Dicas extras

Separamos aqui algumas dicas extras para você aproveitar ao máximo sua viagem para Salvador. Confira:

Estude sobre o destino

Estude sobre alguns eventos e personagens soteropolitanos que foram importantes para a história da cidade, como: Neguinho do Samba, Irmã Dulce, Luís Gama, Dorival Caymmi, Mãe Menininha do Gantois, Mestre Bimba, Batatinha, Carlinhos Brown.

Recomendamos também que assista esses documentários:

  • Axé – Canto do Povo de Um Lugar
  • Irmã Dulce

Respeito, sempre!

Muitas baianas, capoeiristas e músicos vivem das doações e vendas de artesanato e serviços aos turistas. Alguns iniciam a abordagem oferecendo uma foto, pulseira ou até uma pintura da Timbalada como presente, mas por fim, vão pedir uma contribuição financeira.

Se você não quiser, basta agradecer no início da conversa e dizer que não tem interesse. Do contrário, R$5 de gorjeta é um valor ok pra admirar uma música ou tirar foto. Para facilitar sua vida, já separe os trocados antes de ir para o Pelourinho ou Igreja do Bonfim.

Além disso, piadas xenofóbicas não são bem-vindas! Nem aqui, nem em nenhum outro lugar!

Seja um turista responsável

Sempre deixamos aqui algumas dicas para você deixar o mínimo de pegadas possível nos destinos por onde passa, e neste guia de Salvador não será diferente. Veja como você pode ser um turista mais sustentável em Salvador:

  • Economize água: no verão é comum faltar água na cidade, portanto, não abuse!
  • Reduza seu lixo na viagem: seja no hotel, na praia ou enquanto visita os principais pontos turísticos de Salvador.
  • Tenha sempre com você copo, canudo, talheres e sacola reutilizável.
  • Na hora de fazer um pedido, avise o atendente que não precisa de canudo, colher, etc. Se você não avisar antes, eles acabam colocando automaticamente.
  • Vai pedir um sorvete? Que tal optar pela casquinha?
  • Certifique-se que sua hospedagem faz coleta seletiva. Caso não, você pode buscar um ponto de entrega da So+Ma para descartar seus resíduos adequadamente.

O que levar para Salvador

Aqui vai uma listinha com o que levar na sua viagem para Salvador:

  • Roupas leves e se possível, com proteção solar
  • Tênis confortável para caminhar entre os pontos turísticos de Salvador
  • Chinelo
  • Protetor Solar
  • Boné ou chapéu
  • Óculos de Sol
  • Pochete (é o item mais prático e seguro para caminhar em grandes metrópoles)
  • Kit com utensílios reutilizáveis (talheres, copo, canudo, sacola)
Cupom de Desconto Columbia Brasil

Esqueça o jeans e saiba que aqui, blusa de frio é algo que você só usa no vôo ou quando o colega de quarto deixa o ar condicionado turbinado.

Agora que você já sabe o que fazer em Salvador de dia, de noite e até mesmo com chuva, descobriu quais são os principais pontos turísticos, museus e igrejas da capital baiana, conta pra gente… Qual será a primeira coisa que você quer fazer quando chegar em Salvador?

Curtiu nosso guia gratuito? Salve o Pin e deixe um comentário aqui embaixo 🥰.

* Os valores mencionados são de Novembro/2021 e estão sujeitos a alteração.

Obs: Este artigo teve o apoio da Worldpackers Brasil.

Leia também: