Descubra onde fica Caraíva, o que fazer durante o dia ou de noite, qual a melhor época para visitar este paraíso e, encontre todas as dicas que você precisa para sua viagem em um único lugar!

O distrito de Caraíva na Bahia, faz parte do município de Porto Seguro e vem se tornando um destino turístico cada vez mais buscado pelos brasileiros, e com razão. Fundado em 1530, o vilarejo mais antigo do Brasil oferece experiências incríveis que vão desde assistir o encontro do mar com o rio, de passar o dia em praias desertas, curtir o céu estrelado ou até vivenciar a cultura indígena. Uma coisa é certa, Caraíva é o lugar perfeito para quem deseja se desconectar do mundo exterior e se conectar com o interior através do contato com a natureza.

Se você está considerando conhecer este paraíso, este post será seu guia completo e fiel escudeiro para entender como chegar em Caraíva, onde ficar, o que fazer, onde comer e, de quebra, te daremos motivos suficientes para que você não tenha dúvidas de que essa será uma viagem inesquecível.

Onde fica Caraíva, quando ir e quantos dias ficar

Onde fica Caraíva?

Caraíva é uma vila à beira-mar que fica no distrito de Porto Seguro, na Bahia, distante 60 km do centro da cidade – uma viagem de 2 horas de carro. Se quiser partir de uma origem mais próxima, é possível chegar de Arraial d’Ajuda em cerca de 1 hora e meia, percorrendo 54 km. Mas, para ficar mesmo coladinho em Caraíva, o ideal é sair de Trancoso e dirigir por 1 hora – ou 36 km – que vão passar como um sopro quando você se deparar com o que te espera no destino.

Onde fica Caraíva no mapa:


Qual o aeroporto mais próximo de Caraíva?

O aeroporto mais próximo de Caraíva é o Aeroporto de Porto Seguro (Iata: BPS).

Por que visitar Caraíva?

Se você gosta de lugares remotos você vai amar Caraíva! Lá você terá muito contato com a natureza, seja nadando no mar, andando de barco ou passeando de bóia no rio, visitando uma comunidade indígena no meio da mata, ou admirando as estrelas cadente à noite. Com uma conexão de internet limitada, Caraíva é um lugar perfeito para deixar os problemas de lado e se conectar consigo mesmo.

Quando ir para Caraíva?

O Sol brilha quase todo o ano em Caraíva, mas durante os meses de inverno, entre junho e agosto, há mais riscos de chuva e temperaturas em torno de 25ºC.
Os melhores meses (mas também os mais cheios) são entre dezembro e janeiro, quando as temperaturas giram em torno de 29ºC. Vale mencionar que durante esses meses a temperatura da água fica entre 25ºC e 30ºC, deixando a experiência ainda mais perfeita.

melhor época para visitar Caraíva
Clima em Caraíva
Fonte: climate-data.org

Quantos dias ficar em Caraíva, Bahia?

Arriscamos dizer que 5 dias são o suficiente para conhecer as principais atrações de Caraíva, mas o lugar é tão apaixonante que vale mesmo ficar o máximo de dias que puder para aproveitar cada pedacinho.

Como chegar em Caraíva, Bahia

Quer saber como chegar em Caraíva? Saiba que a chegada por si só já é uma aventura, que envolve bastante estrada de terra (esburacada) e até uma travessia de barquinho. Primeiro você precisa chegar em Nova Caraíva, um vilarejo às margens do Rio Caraíva, local em que é realizada a travessia para a famosa vila de Caraíva, onde não é permitida a entrada de carros. A seguir, um passo a passo de como chegar:

Como ir para Caraíva de avião

Se chegar de avião, o aeroporto de Porto Seguro (BPS) é o mais próximo. Na sequência você pode fazer um dos trajetos abaixo.

Como ir para Caraíva de carro

Saindo de Porto Seguro, você pode alugar um carro, atravessar a balsa de Arraial e pegar a Estrada de Trancoso (BA-001) até Nova Caraíva, trajeto que leva aproximadamente 2 horas. Saindo de Trancoso o trajeto dura cerca de 1 hora.

Em Nova Caraíva será necessário deixar o carro no estacionamento, pelo valor de R$20 por dia (vale sempre tentar negociar) e então fazer a travessia de barco.

Meio de Transporte

Valor R$ (Janeiro/21)

Aluguel de carro

À partir de R$115 / dia

Travessia da Balsa de Porto Seguro para Arraial d’Ajuda

R$ 18 a R$22 por veículo incluindo motorista + R$4,50 por passageiro extra

Estacionamento Nova Caraíva

R$20 / dia



Se preferir, você pode pegar um táxi ou transfer. Saindo do Aeroporto de Porto Seguro, o táxi até Nova Caraíva custa R$400/trecho e o transfer com o Grupo A.R., custa R$1000 ida e volta para até 2 passageiros, sendo que você pode optar por retornar outro dia. Caso esteja saindo de Trancoso, o valor do táxi é de R$ 240/trecho.

Uber é uma opção apenas de ida, e você corre o risco do motorista declinar por conta da distância ou cobrar um valor adicional para cobrir custos da balsa e retorno sem passageiro. Para retornar é quase impossível encontrar motoristas de aplicativo na região.

Meio de Transporte

Valor R$ (Jan/2021)

Táxi do Aeroporto de Porto Seguro até Caraíva

R$400 / trecho – até 4 pessoas

Táxi de Trancoso para Caraíva

R$250 / trecho – até 4 pessoas

Transfer do Aeroporto de Porto Seguro até Caraíva

R$1000 / ida e volta – até 2 pessoas



Como ir para Caraíva de ônibus ou van

Se optar por ir para Caraíva de ônibus ou de van, você precisa primeiro chegar em Arraial d’Ajuda, pois ambos saem do Terminal das Balsas de lá.

Para chegar em Arraial você pode pegar um Uber do Aeroporto de Porto Seguro para a balsa, e fazer a travessia de balsa a pé, que é gratuita para pedestres.

A companhia de ônibus que te leva até até Caraíva é a Águia Azul, em 3 horas de viagem e com o valor em torno de R$16/trecho. Fique super atento aos horários pois há apenas 2 ônibus por dia, e de domingo apenas 1.

Se escolher ir para Caraíva de van, o valor saindo de Trancoso é de R$35 por trecho, a vantagem da van é que ela acaba fazendo o trajeto mais rápido, porém às vezes elas lotam e saem antes do horário previsto. Aqui estão os números de 2 vans que fazem esse percurso:

Diego + 55 (73) 98101-2645

Costinha + 55 (73) 99913-4608

Meio de Transporte

Valor R$ (Janeiro/21)

Ônibus de Arraial d’Ajuda para Caraíva

R$ 16,10 / trecho

Ônibus de Trancoso para Caraíva

R$ 14 / trecho

Van de Arraial d’Ajuda para Caraíva

R$ 35 / trecho

Van de Trancoso para Caraíva

R$35 / trecho (É necessário agendar com um dia de antecedência)



Travessia de barco

Ao chegar em Nova Caraíva, onde há um estacionamento e local em que ônibus e vans desembarcam, você precisa pegar um barquinho para a vila de Caraíva. Além do custo de R$5/trecho de barco, há a cobrança opcional do Ecoticket, uma taxa de R$10 por pessoa que auxilia na preservação do vilarejo, que realmente precisa da nossa ajuda por possuir um ecossistema extremamente frágil.

Meio de Transporte

Valor R$ (Janeiro/21)

Ecoticket

R$ 10

Travessia de barco de Nova Caraíva para a Vila de Caraíva

R$ 5 / trecho


Como circular em Caraíva

Mapa de Caraíva - onde fica
Mapa de Caraíva

Após atravessar o rio, você precisará caminhar até sua pousada, geralmente as hospedagens oferecem algum mapa de como chegar. O vilarejo é pequeno e tudo lá é feito a pé, em areia fofa.

Ao chegar na vila você encontrará algumas pessoas oferecendo transporte para a pousada através de carroças puxadas por jegues. Como buscamos ser viajantes cada vez mais conscientes, não recomendamos o uso dos mesmos. Esses jegues já precisam fazer o transporte de lixo e diversas outras coisas na região, e nós podemos poupá-los de nos carregar. Planejando levar uma mochila ou bolsas de mão apenas com o essencial (peças leves de verão), você verá que este serviço é totalmente desnecessário. Falamos sobre isso nos nossos stories, vem ver.

Dica LMTM: Eu viajei para o sul do litoral baiano com uma mala de rodinhas média. Sabendo que seria complicado levá-la para Caraíva, conversei com minha hospedagem em Trancoso e eles me autorizaram deixar a mala lá enquanto passava alguns dias fora. Então, levei para Caraíva apenas uma mochila e uma bolsa de mão com o que precisava para minha estadia. Você pode tentar fazer o mesmo, mas não se esqueça de confirmar com sua hospedagem se ela oferece esse tipo de benefício, seja ela em Porto Seguro, Arraial ou Trancoso. =)


Seguros Promo


Curiosidades

Confira algumas curiosidades sobre Caraíva:

▪️ Energia elétrica tornou-se uma realidade em Caraíva apenas em 2007 e o cabeamento é todo subterrâneo. Hoje eles contam com 90% de cobertura, mas ainda assim é comum ocorrer alguma queda de energia.

▪️ A internet na vila – até o momento – não é boa o suficiente para quem é nômade digital e depende de uma boa conexão para trabalhar.

▪️ A maioria dos empreendedores de Caraíva são de fora da região. O Boteco do Pará é um dos poucos empreendimentos criados por um nativo e que contrata apenas os familiares locais.

▪️ Muitos nativos venderam suas terras na vila para empresários de fora, e foram viver em Nova Caraíva.

▪️ O distrito fica muito próximo do Parque Nacional do Monte Pascoal, uma região que é casa para 9 aldeias indígenas.

O que fazer em Caraíva 

Quer saber quais as melhores coisas para fazer em Caraíva? Confira uma lista com 17 opções:


Casinha “Sorria você está em Caraíva”

Casa verde com frase "Sorria você está em Caraíva"

Aposto que você já viu a foto de alguém em frente a esta casinha, que na verdade é uma loja de roupas. Além de ser um ícone da vila, a casinha é mesmo um charme e, convenhamos, é impossível não sorrir estando em Caraíva. 

A casa fica na Rua do Cruzeiro, próximo ao local de desembarque da travessia de barco.

Praia da Barra

Praia da Barra em Caraíva
Praia da Barra em Caraíva, Bahia
Foto: Elaine Villatoro

Assistir o encontro entre o mar e o Rio Caraíva é um capítulo à parte nas inúmeras belezas naturais de Caraíva e esse espetáculo pode ser vivido na Praia da Barra. A ponta de areia que possibilita essa experiência fica localizada a 5 minutos andando do centro da vila e oferece cadeiras de praia para que você escolha se quer relaxar em frente a água doce ou salgada, basta pedir na Barraca do Nando.

A cor do mar depende muito da maré, pois se o rio acaba por invadir o mar a água fica mais escura, assim como o contrário. Para completar o espetáculo, vale assistir ao pôr do sol que será, certamente, um dos mais bonitos que verá.

Praia de Caraíva

A ponta de areia possui o nome de Praia da Barra, mas todo o restante da extensão de areia é a Praia de Caraíva. Se seguir caminhando por alguns minutos encontrará uma praia radiante e deserta, só pra você. Para quem gosta de uma boa caminhada a beira mar, em 11 km é possível chegar ao Rio Corumbau – onde é possível pegar o barco e fazer a travessia até a paradisíaca Ponta do Corumbau – e aproveitando o caminho para conhecer as praias da Reserva Indígena dos Pataxós.

Praia do Satú

Argila na Barra do Satu - uma das coisas para fazer em Caraiva, Bahia

Se você é do tipo que é louco pelo mar azulzinho e por tranquilidade, Satú é uma praia indispensável na sua viagem à Caraíva. A praia fica a 4 km da vila e para chegar até ela é preciso ir até a Praia da Barra e atravessar o rio andando, nadando ou de barco (pelo valor de R$5), dependendo da maré. Depois dessa pequena aventura na travessia, é preciso caminhar mais 3km – cerca de 1 hora – até chegar no Bar do Satú.

Se caminhar por mais 15 minutos encontrará três lagoas belíssimas – e essa não é a única surpresa do caminho. A partir da segunda delas, é possível passar argila pelo corpo, esperar secar e tomar banho em uma água doce quentinha. Prepare-se para se sentir com uma pele de bebê e mais relaxado do que nunca após esse dia de spa em meio a natureza.

Para os corajosos, é possível caminhar mais 6 km e chegar à Praia do Espelho, mas é importante atentar-se na volta do passeio. O ideal é acompanhar a tábua de marés e sair do Bar do Satú antes da maré voltar a encher para passar por uma área de pedras com segurança.

Prainha

Prainha em Caraíva
Prainha, Caraíva
Foto: Elaine Villatoro

Se busca um dia de pura diversão em Caraíva, então a Prainha é o destino, já que é de lá que sai o passeio de boia-cross. O aluguel da boia custa R$50 e é possível realizar o passeio de duas maneiras: descer o Rio Caraíva boiando sozinho – que leva cerca de 1h40 – ou pedir para a lancha ir puxando sua boia, chegando em cerca de 40 minutos na praia.

É curioso pontuar que, por alguns anos, Caraíva celebrou o Carnaboia durante o carnaval, no qual todos os foliões desciam o rio de bóia. Parece mesmo uma ideia divertida, mas foi suspenso por excesso de ingestão de bebidas alcoólicas dos participantes, por isso recomendamos que deixe as caipirinhas para depois do passeio pois é uma combinação bem perigosa.

Igreja de São Sebastião

O que fazer em Caraíva, Bahia
Igreja de São Sebastião
Foto: Elaine Villatoro

A Igreja de São Sebastião é considerada uma das mais antigas do Brasil e é tombada pelo Patrimônio Histórico. A linda capelinha de Caraíva foi construída com óleo e ossos de baleia, conchas, pedras e areia, e celebra missas todos os domingos às 10h e 19h, quartas às 19h e sábados às 19h.

Aldeia Porto do Boi

Aldeia Porto do Boi em Caraíva
Aldeia Porto do Boi em Caraíva, Bahia
Foto: Elaine Villatoro

Para quem gosta de fazer uma imersão na cultura local, vale fazer uma visita à Aldeia Porto do Boi. Neste passeio é possível aprender sobre a cultura dos Pataxós, dançar com eles, tomar banho de ervas, comer peixe assado na folha de patioba, provar a farinha de puba, e muito mais.

Para chegar até lá, é preciso contratar um barqueiro para fazer o trajeto pelo valor de R$100, mais R$70 para a entrada na aldeia. A volta do passeio é às 13h e a dica é fazer esta visita de manhã e, na volta, pedir para que o barqueiro te leve ao Satú ou ao Bar Busca Vida.

Aldeia Barra Velha

A 6 km ao sul de Caraíva, é possível chegar à Aldeia Barra Velha, também conhecida por Aldeia Mãe por ter sido a primeira aldeia indígena da região. Lá vivem cerca de 500 famílias Pataxós que têm suas rendas formadas, basicamente, pela venda de seu artesanato e da fabricação de sua farinha, cujo modo de preparo é o mesmo desde a época da colonização.

A aldeia é grande e possui escolas, posto de saúde e diversas outras estruturas que foi agregando conforme o tempo foi passando. Quem quiser visitar este lugar pra lá de especial não pense duas vezes, pois a entrada é gratuita e a experiência é riquíssima.

Praia do Espelho

Embora a Praia do Espelho faça parte de Trancoso, muitos turistas visitam este famoso paraíso saindo de Caraíva. Para chegar lá é preciso caminhar até a Praia da Barra, cruzar o rio de barquinho (custando R$5) e andar mais 9 km, passando por paisagens inesquecíveis. Também é possível chegar na Praia do Espelho de carro, ônibus – pela Águia Azul – ou com vans de agências que costumam funcionar apenas na alta temporada, mas vale lembrar que a estrada é bem esburacada, prepare-se para chacoalhar bem.

Corumbau

Ponta do Corumbau, Bahia
Elaine em Ponta do Corumbau, Bahia

Embora fique próximo a Caraíva, Corumbau é um distrito de Prado, que possui diversas praias lindas e no verão é possível fazer mergulho no mar. A Ponta de Corumbau é a praia mais famosa pela sua faixa de areia que, na maré baixa, mais vira um banco de areia. Com diversas barracas de comida, o local é ótimo para apreciar a paisagem e curtir o dia.

Para chegar lá é possível contratar um buggy ou ir de barco. O buggy custa R$100 por pessoa e eles aceitam cartão, além de ser válido pontuar que indo em 4 pessoas é possível negociar o passeio por R$350 e, de quebra, passar na Aldeia Barra Velha na volta.

Arroz de Polvo da Goinha no Canal do Pampo em Corumbau
Arroz de Polvo da Goinha no Canal do Pampo em Corumbau
Foto: Elaine Villatoro

Uma dica unânime que recebemos e fizemos questão de seguir, foi de comer no Canal do Pampo. Nós pedimos o recomendadíssimo Arroz de Polvo da Goinha, que custou R$170 e embora diz servir 2 pessoas, serve até 3. Provamos também o Peixe na Pedra que é feito no molho shoyu e gengibre, acompanhado de arroz branco, farofa e purê de banana, que é o segundo prato mais pedido e custa R$130. Para acompanhar, vale pedir uma caipirinha de pitaya com maracujá ou pitaya com limão e se deliciar gastando R$23.

Bar Busca Vida

A famosa cachaça Busca Vida, que é produzida no interior de São Paulo, também tem morada em um bar de mesmo nome em Caraíva e que só pode ser acessado de barco. O Bar Busca Vida tem um ambiente muito aconchegante, comidas gostosas e, claro, uma variedade enorme de cachaças a serem apreciadas ao som da música ao vivo que normalmente está presente na noite.

Nascer e Pôr do sol

Por do sol no Rio Caraíva
Pôr do sol no Rio Caraíva
Foto: Elaine Villatoro

Não sei você, mas um dos nossos programas favoritos sempre é assistir ao pôr do sol, especialmente em lugares tão mágicos como Caraíva. Assistir o Sol colorir o céu da Praia da Barra e se esconder entre o rio e o mar é uma experiência daquelas que não será esquecida nunca, e fica ainda mais delicioso acompanhado de uma caipirinha e comendo um famoso pastel de arraia no Boteco do Pará.

Visitar distritos vizinhos

Igreja do Quadrado em Trancoso
Igreja do Quadrado de Trancoso, Bahia
Foto: Elaine Villatoro

Aproveite essa mesma viagem para passar alguns dias nos distritos vizinhos: Trancoso, Arraial d’Ajuda e Porto Seguro. Algumas pessoas também aproveitam para ir mais para o sul e visitam Corumbau e Curumuxatiba. Cada cantinho do sul da Bahia vale a pena, aproveite tudo que puder por essas terras lindas.

Não faça nada

Caraíva é daqueles lugares perfeitos para você acionar seu modo avião e “não fazer nada”. A vibe do lugar é muito gostosa, aproveite para pensar na vida, ler um livro, conversar com quem estiver contigo neste paraíso e com o povo local, caminhar pelo vilarejo e quem sabe entrar numa roda de música num fim de tarde para cantar.




O que fazer em Caraíva à noite

Veja algumas sugestões de o que fazer à noite em Caraíva:

Curtir as estrelas

Se o céu estiver aberto aproveite para ficar olhando as estrelas de algum canto escuro da vila ou na praia, porque não é sempre que temos a oportunidade de estar olhando para o céu mais estrelado do Brasil, não é mesmo? Mais um presente irrecusável que Caraíva nos oferece.

Forró

Beco da Lua, uma das atrações mais populares na noite de Caraíva
Beco da Lua, Caraíva
Foto: Elaine Villatoro

Beco da Lua é o lugar onde a noite acontece em Caraíva. Além de oferecer uma culinária variada e drinks deliciosos, a música ao vivo e o forró são os pontos altos, então se você gosta de mexer no ritmo da vila, este é um passeio imperdível.

Música ao vivo nos bares e restaurantes

Assim como o Beco da Lua, a maioria dos bares e restaurantes em Caraíva oferecem música ao vivo, principalmente em alta temporada, embalando a energia da vila. Quando sair para jantar, tenha certeza que não será uma noite como outra qualquer.

Dica LMTM: Saia à noite com a bateria do celular carregada, você vai precisar utilizar a lanterna para poder caminhar nas ruas de Caraíva que ficam bem escuras já que não há iluminação pública.

O que levar para Caraíva


Para te ajudar a decidir o que levar na mala para Caraíva fizemos uma listinha:

  • Protetor solar e repelente (Na loja Ghayia, em Caraíva, é possível encontrar repelente biodegradável, comprei um por R$66);
  • Boné e chapéu são indispensáveis;
  • Camiseta de manga comprida com proteção UV (Essa pode ser uma grande aliada para as longas caminhadas);
  • Pomada para picada de insetos;
  • 1 par de chinelos ( Este é o único calçado que você vai utilizar, deixe inclusive as rasteirinhas de lado pois elas estragam na areia fofa);
  • Dinheiro em espécie;
  • Mochila ao invés de mala de rodinhas;
  • Um palitinho para limpar as unhas dos pés;
  • Uma esponja para limpar os pés no fim do dia.

Os dois últimos itens são inusitados, eu sei. Mas acredite, serão necessários!

Cupom de desconto Columbia



Onde comer em Caraíva

O que não vai faltar em nesta viagem são ótimos lugares para comer em Caraíva, conheça alguns dos melhores restaurantes:

Boteco do Pará

Pastel no Boteco do Pará em Caraíva
Pastel no Boteco do Pará
Foto: Elaine Villatoro

O Boteco do Pará é conhecido na região como um ótimo lugar para comer pastel de arraia e de frequentar durante o pôr do sol, por ficar na beira do rio. O Pará, dono do boteco e pescador nativo de Caraíva, sai todos os dias às 4hrs da manhã com seu barco para garantir pescados frescos.

Para que tenha uma ideia de preços, cada pastel pequeno custa R$12 e você encontra cervejas de 600ml de R$18 a R$20. Tenha em mente que você provavelmente vai comer pelo menos 2 pastéis.

Caraíva Cachaçaria

Caraiva Cachaçaria - um dos melhores restaurantes em Caraíva

Quer uma comida bem deliciosa? Ou tomar uma caipirinha de limão perfeitamente preparada? Na Caraíva Cachaçaria você encontrará pratos como o Risoto de Cordeiro (R$72), que eu amei, provar dadinhos de tapioca com queijo coalho e geleia de pimenta por R$20, caipirinhas de R$20-24 e claro, contar com uma grande lista de cachaças e música ao vivo.


Esfiha Caraíva

Uma ótima pedida para quem busca um lugar barato para comer em Caraíva é a Esfiha Caraíva, lá você encontra esfihas abertas e fechadas ao custo de R$10-12 cada. Provei a de frango e deve ter sido uma das melhores que já comi na vida!

Tapioca e Acarajé da Paty

Na Tapiocaria da Paty você pode provar tapiocas doces e salgadas por cerca de R$25 cada, eu comi uma de Nutella com banana e estava bem recheada. Outras opções que você encontra por lá são acarajé e açaí.

Além dessas, outras indicações que recebi de locais são: Koa Restaurante que tem peixe na brasa, Pizza do Porto, Jacarandá com comida mediterrânea e a Culinária Central que aparentemente tem uma comida muito boa e com bom preço.

Onde se hospedar em Caraíva

Pousada Terra

Pousada Terra - uma ótima opção de hospedagem em Caraíva
Pousada Terra, Caraíva
Foto: Divulgação

Tive a feliz oportunidade de ficar na Pousada Terra durante essa viagem para Caraíva. A pousada tem 31 anos e foi inaugurada 2 anos depois da chegada da proprietária Elenice ao vilarejo.

Com uma área de 5.000 m², a pousada conta com uma hortinha com temperos frescos para os hóspedes, além de um filtro de água para que os hóspedes possam encher garrafinhas reutilizáveis e evitar o uso desnecessário de plástico. Também com este mesmo intuito, o lixo do banheiro é forrado com jornal ao invés de sacos plásticos, evidenciando sua preocupação com o meio ambiente.

O café da manhã é incrível e dá água na boca só de lembrar, sempre com bolo fresco e tapiocas impecáveis, feitas pelos funcionários que são super atenciosos. Inclusive, o que mais me marcou nesse lugar, além das iniciativas de sustentabilidade, foram as pessoas da Pousada Terra ( juro que quase chorei na hora de ir embora).


Informações adicionais

  • Na região da Praia da Barra vale sempre andar de chinelo pois há relatos de bicho geográfico naquela área. Estas pequenas larvas podem te enlouquecer de coceira, então fique mesmo atento.
  • O único sinal de 3g que pega na região é da Vivo e apenas na praia, no restante da vila não há nem sinal de telefone. 
  • O wi-fi na região é precário e as pousadas geralmente possuem os melhores serviços, mas ainda assim, muito sensíveis à chuva ou vento.
  • Em Caraíva tudo é conectado à maré e é mesmo necessário entender como funciona para decidir os melhores horários para caminhar nas praias, por isso recomendamos baixar o app Tides Near Me.
  • Não tem caixa eletrônico na região e é preciso dinheiro para pagar barqueiros, vans, ou até para conseguir um preço mais acessível na região. A maioria dos estabelecimentos aceita cartão, mas a internet pode falhar e atrapalhar o pagamento, por isso alguns locais cobram de 10 a 20% para entregar dinheiro em espécie para os turistas. 


Turismo sustentável em Caraíva

Encontro do Rio e Mar em Caraíva, Bahia
Encontro entre o mar e o Rio Caraíva
Foto: Elaine Villatoro

Como sempre, finalizamos nossos artigos com algumas dicas para que você possa praticar um turismo mais responsável, e Caraíva em especial precisa muito que sejamos conscientes para que esse ecossistema, que é super frágil, consiga seguir lindo e mágico para nós, para os moradores e para o meio ambiente por muito tempo. Confira:

1) Não utilize os jegues nem para você, nem para sua mala: Conforme mencionado anteriormente, com planejamento não precisamos deste serviço e podemos poupar os animais deste sofrimento.

2) Contribua com a comunidade local: Sempre que possível, dê preferência para consumir produtos e serviços oferecidos pelos nativos. Dessa maneira você se certificará de que quem está usufruindo das vantagens econômicas do destino são as pessoas que mais precisam.

3) Seja consciente com seu lixo: A gestão do lixo em Caraíva é super complexa e Porto Seguro não tem coleta de seletiva, por isso recomendamos que você evite produzir lixo na sua viagem, e que:

  • Dê preferência às bebidas em lata: como o vidro é pesado e volumoso, isso dificulta ainda mais o descarte adequado. Além disso, garrafas de vidro podem quebrar e se perder na areia fofa da vila, e você pode inclusive ser a pessoa que vai pisar no caco depois. As latinhas são leves e por terem um valor maior, geralmente são recicladas.
  • Opte por produtos sem embalagem, ou com embalagens de papel: sabemos que o plástico é um grande inimigo dos oceanos, e sem reciclagem é bem provável que as embalagens parem por lá. Opte por produtos sem embalagens ou com embalagens de papel e, se possível, leve as de plástico para descartar em uma outra cidade que tenha coleta seletiva.

Ficou curioso para conhecer este paraíso, né? Eu saí de Caraíva apaixonada por cada segundo que passei lá e te garanto que não será diferente com você. Aproveite sem moderação, com consciência ambiental e boa viagem!

Importante!

  • Os valores mencionados neste artigo são de Dezembro/ 2020 e Janeiro/2021 e podem mudar a qualquer momento, eles foram compartilhados apenas para referência.

Agradecimento: A hospedagem na Pousada Terra foi cortesia, mas pode ficar tranquilo pois todas as opiniões expressadas aqui são sinceras e baseadas em nossa experiência. Saí de lá me sentindo parte da família, eles ganharam meu coração de verdade =)

Curtiu este post? Salve este Pin!



Leia também: