Veja como chegar, onde ficar, o que fazer em Bonito (MS) e descubra com seus próprios olhos como as belezas dessa cidade fazem jus ao seu nome!

Encantadora e preservada: assim podemos descrever a natureza desse cantinho do Mato Grosso do Sul. Para dar conta da singularidade de Bonito, o turismo da região desponta como um dos mais organizados do Brasil, buscando sempre respeitar o meio ambiente e criar alternativas sustentáveis para a preservação da natureza. Neste guia, separamos todas as informações que você precisa para viajar de forma responsável para Bonito (MS), bora conhecer?

Onde fica Bonito

Bonito fica no Mato Grosso do Sul, a 297 km da capital do estado, Campo Grande. Veja abaixo onde fica Bonito no mapa:

Como chegar em Bonito e se locomover na região

Descubra como ir para Bonito de avião, carro ou ônibus e entenda quais alternativas você tem para circular na cidade e seus arredores:

Como chegar em Bonito

De avião, é possível viajar direto para o aeroporto regional de Bonito (BYO), a 14 km do centro da cidade. Outra alternativa é pegar um voo até o aeroporto de Campo Grande (CGR), a 300 km, e de lá seguir com veículo alugado, traslado ou ônibus. Os voos para o aeroporto de Bonito costumam ser mais caros, mas vale conferir se o tempo e o custo de deslocamento entre Campo Grande e Bonito compensam o valor mais baixo das passagens aéreas.

Passagens aéreas Trechos e Milhas para viajar para bonito

Um traslado entre as cidades pode custar a partir de R$ 100* o trecho, e a viagem para Bonito dura aproximadamente 4 horas.

Já a viagem de ônibus a partir da capital dura cerca de 5 horas e custa R$130* por pessoa por trecho com a empresa Vanzella.

E para chegar com carro próprio ou alugado a partir de Campo Grande, a melhor opção é pegar a BR 060 até Sidrolândia e de lá seguir a Nioaque e Jardim.

Dicas da Raposa 🦊:

  • Se for viajar de ônibus ou avião, leve um agasalho com você por conta do ar condicionado;
  • Se for viajar de carro para Bonito, confirme a rota com a sua hospedagem, já que os serviços de GPS podem indicar um caminho desatualizado. Além disso, fique sempre atento ao combustível para que não corra o risco de faltar em percursos onde os postos de gasolina ficam mais distantes uns dos outros.

Como se locomover em Bonito

Veículo próprio ou alugado

Ter um carro para viajar em Bonito pode otimizar o seu roteiro e inclusive ajudar a economizar, já que os outros meios de transporte disponíveis na cidade cobram por turno ou trecho. Você pode alugar um carro tanto no aeroporto de Bonito quanto no de Campo Grande.

aluguel de carro barato rent cars - viagem para Bonito

Transporte compartilhado

Vanzella Transporte Compartilhado - Como se locomover em Bonito

Vans compartilhadas podem ser contratadas no momento do agendamento dos passeios com os receptivos de Bonito. Geralmente cobram por turno ou por dia de acordo com o passeio escolhido e distância.

Transporte privativo

Transfer Privativo para viajar para Bonito

Motoristas particulares podem ser contratados através das agências de receptivo. O custo aproximado de um transfer privativo é de R$ 300* por dia. É a alternativa mais cara, mas se você for dividir com mais viajantes vale a pena. Dessa forma, você divide o custo e ainda pode encaixar mais de um passeio por dia, aproveitando a flexibilidade de horários que o transporte privativo proporciona.

Moto táxi

Outro serviço disponível é o moto táxi. Para distâncias curtas dentro do centro de Bonito, o preço é tabelado e custa R$10*/trecho. Uma das empresas que fazem esse serviço é a Arara Moto Táxi que pode ser contatada através do número 67 99940-0373.

Táxi

Táxi também é uma possibilidade de transporte em Bonito. Há diversos pontos na cidade. O preço por corrida é tabelado e varia de acordo com o destino sendo que dentro do centro custa R$20*/trecho.

Hotéis e pousadas em Bonito

Antes de escolher onde ficar em Bonito, é importante saber qual tipo de transporte você utilizará durante sua estadia. Se você estiver com carro próprio ou alugado, poderá até se hospedar em hotéis e resorts mais distantes do centro. Caso você dependa de transporte compartilhado ou de táxis, a sugestão é ficar em uma região mais central mesmo, onde você terá acesso fácil a restaurantes, bares, lojas e agências de turismo, além de estar dentro da rota das vans que levam aos passeios.



Booking.com

Hotel Marruá Bonito

Uma das indicações é o Hotel Marruá, um pouco mais afastado da praça central (20 min caminhando ou 5 min de carro). Os quartos oferecem ar-condicionado, frigobar e tv. É uma boa opção para famílias, pois possui piscinas de diferentes profundidades e um ótimo restaurante interno, que salva naqueles dias em que se está com o roteiro bem cheio e tudo que se quer no final do dia é descansar e comer algo gostoso no conforto do hotel. Provamos filé de tilápia à milanesa, estava bem saboroso e com ótimo preço, R$ 49* um prato individual bem servido.

Hotel Marrua - Onde ficar em Bonito
Hotel Marruá em Bonito

🌱 Sustentabilidade: o hotel conta com painéis solares e dispenser com produtos de higiene para evitar mini embalagens.

Selina

Selina está se tornando uma das maiores marcas de hotelaria atuais. Combinando design inovador com espaços de coworking, excelente conexão wifi, áreas de lazer, atividades com foco no bem-estar e experiências locais, o Selina tem uma ótima infraestrutura para quem quer viajar e trabalhar. Está muito bem localizado, próximo à praça central, e conta com quartos privativos e compartilhados.

Selina Bonito - Hospedagem
Selina de Bonito

O que você precisa saber antes de viajar para Bonito

  • As tomadas em geral são 110v mas é possível que em algumas acomodações seja 220v, portanto, eletrônicos bivolts são ideais;
  • Não é indicado beber água da torneira ou das fontes, pois pode causar problemas estomacais;
  • Contrate uma agência de turismo. Recomendamos nossa parceira Ygarapé Tour, pois montar um roteiro por conta para Bonito não é tão simples, é preciso ter uma excelente noção de distância e tempo entre um passeio e outro para ver quais combinações fazer por dia. A agência também ajuda a montar um roteiro personalizado, com mais ou menos aventura, com exercício físico intenso ou mais leve, além de considerar as sazonalidades de cada passeio e equilibrar os custos conforme as possibilidades de cada cliente. Lembre-se de informar a agência caso precise de um orçamento com transporte incluso.

Quando ir para Bonito, MS

Uma ótima época para viajar para Bonito é entre junho e setembro, período com temperaturas mais agradáveis, menos chuva e consequentemente maior visibilidade nas flutuações. A água pode ficar um pouco mais fria, mas para nossa alegria, a temperatura da água varia entre 20°C e 24°C durante todo o ano. Ou seja, as roupas de neoprene usadas durante os passeios de flutuação ajudam a manter o corpo aquecido, independente do período da visita. Essa também é a época mais indicada para avistar as araras, celebridades por aqui.

Durante o calor do verão, as atrações mais buscadas acabam sendo as cachoeiras. Devido as chuvas, o volume de água aumenta, deixando-as ainda mais lindas e perfeitas para um banho. Os preços nessa época podem ser mais convidativos, porém, a visibilidade nos passeios de flutuação, os mais desejados de Bonito, podem ser prejudicados pela chuva.

Gráfico do clima em Bonito, MS
Clima em Bonito, MS
Fonte: climate-data.org

Quantos dias ficar em Bonito

Há muito o que fazer em Bonito, portanto, considere reservar pelo menos cinco dias na cidade. Dez dias seria o ideal para fazer tudo com calma e ir além dos atrativos mais clássicos. Para explorar bem a região, indo para lugares mais distantes ou reservando experiências mais imersivas, é possível ficar 20 dias sem repetir passeios.

Como funcionam os passeios em Bonito

Bonito é um destino de ecoturismo e de turismo de aventura seguro, já que muitas atrações seguem normas ABNT. As atrações têm preço tabelado, limite de visitantes por dia, e os vouchers de entrada são emitidos exclusivamente pelas agências de turismo da cidade – não existem bilheterias nos atrativos turísticos. O ideal é agendar com antecedência os passeios através de agências como a Ygarapé, uma das maiores da cidade e com mais de 30 anos de experiência no ramo.

Dica da Raposa 🦊:

  • Foi a Agência Ygarapé que me recebeu em Bonito. Eles montaram um roteiro considerando o que eu queria visitar e também sugeriram passeios muito além do que eu imaginava. Foi essencial ter esse apoio para conseguir otimizar meus dias de viagem, assim pude conhecer mais coisas e no meu tempo.

Atrações em Bonito

Entre os atrativos da cidade sul-mato-grossense estão:

Flutuação e mergulho

Bonito é conhecida especialmente pelas flutuações em rios de água cristalina e azulada, cuja transparência se deve à quantidade de calcário presente na água. Durante a experiência, é possível avistar diversos peixes, especialmente Piraputanga, Curimbatá e Dourado.

Flutuação no Rio Olho d’Água – Grupo Rio da Prata
Foto: Elaine Villatoro

Um dos lugares mais buscados para o passeio de flutuação em Bonito é o Recanto Ecológico Rio da Prata. Além do snorkeling nas águas cristalinas (onde se utiliza um barco ecológico movido à energia solar para se deslocar até o ponto de flutuação), o recanto oferece mergulho de cilindro, observação de aves, trilhas ecológicas e almoço regional.

Rio da Prata - uma das principais atrações de bonito
Elaine durante flutuação do Rio da Prata

Outros pontos de flutuação são o Rio Sucuri, o Aquário Natural e a Lagoa Misteriosa. Para saber mais sobre esses e outros passeios em Bonito, MS, você pode acessar as páginas de Flutuação e Mergulho da Agência Ygarapé.

Grutas e cavernas

Talvez a mais famosa seja a Gruta do Lago Azul. Para muitos, ela é considerada o cartão postal da cidade, com águas cristalinas e azuladas e formações geológicas em perfeito estado de conservação. Dependendo da época do ano e do horário, um feixe de luz entra exatamente na abertura superior da gruta, tornando o azul da água ainda mais vibrante.

No mesmo complexo de grutas, você pode visitar a Gruta Catedral, cujas formações geológicas são imponentes e com formatos que lembram catedrais. É possível combinar um passeio de 9km de cicloturismo da Rota Aventura até a caverna e, além da trilha convencional, fazer trilhas subterrâneas que cruzam a montanha. Formam esse complexo também as Grutas de São Miguel, grutas secas, que estão entre as mais antigas de todo o planeta.

Cavernas - uma das atrações para viajar para Bonito

Já a Gruta do Mimoso é uma gruta com vários salões, sendo permitido fazer flutuação no primeiro deles. Fazer flutuação em uma caverna é uma experiência inesquecível!

Outro sonho (agora realizado!) é a descida dos 72 metros do Abismo de Anhumas em um rapel elétrico. O passeio pode ser apenas de contemplação com ou sem flutuação, mas você tem a opção de fazer um mergulho de batismo aqui ou, caso você já tenha certificação, mergulhar até 18 metros com cilindro.

Há mais lugares onde conhecer cavernas e contemplar a fauna e flora silvestre de Bonito, MS. Você encontra tudo na página de Gruta e Contemplação da Agência Ygarapé.

Cachoeiras

Um lugar com uma ótima estrutura, trilhas e cachoeiras é a Estância Mimosa. Além do silencioso barco movido à energia solar utilizado durante um trecho do passeio, a estância tem também projetos ambientais como horta e agrofloresta. Oferece ainda um almoço regional com saladas orgânicas da horta, e tem loja com artesanatos de comunidades próximas.

Cachoeira em Bonito - Estância Mimosa
Cachoeira na Estância Mimosa

Já o Parque das Cachoeiras tem sete quedas d’água para você aproveitar. Para chegar até elas é preciso percorrer uma trilha de aproximadamente 1.700 quilômetros de extensão, mas é um caminho tranquilo e de fácil acesso. A maior parte do percurso é feita sobre uma passarela de madeira.

Cachoeiras em Bonito Mato Grosso do Sul

E para quem busca mais aventuras em cachoeiras, é possível fazer rafting e boia cross. O Parque ecológico Rio Formoso e o Eco Park Porto da Ilha oferecem esse tipo de passeio. Mais informações você encontra na página de trilhas e cachoeiras e passeios de aventura da Agência Ygarapé.

O que levar para Bonito

Quer saber o que levar em uma viagem para Bonito? Aqui vai uma lista:

Lembrando que grande parte dessas roupas e equipamentos de trilha você pode comprar direto no site da Columbia com desconto da raposinha! ✌️🦊

O que levar em uma viagem para Bonito MS

E além de fazer um checklist do que levar nas malas para Bonito, não esqueça de garantir um seguro viagem nacional. Sempre indicamos viajar com seguro, ainda mais em destinos de ecoturismo e turismo de aventura. Por isso, temos um cupom de desconto exclusivo da Seguros Promo. É só usar e viajar tranquilamente!

Turismo Sustentável em Bonito

Apesar de Bonito ser um dos destinos de ecoturismo do Brasil mais organizados e preocupados com a questão ambiental, segue tendo que lidar com desafios como o desmatamento, as chuvas e as lavouras próximas que acabam por turvar os rios, como o Rio Formoso.

Algo que pode ser repensado a nível municipal é o uso excessivo de garrafas e copos plásticos na cidade, por exemplo. Uma possível solução seria os hotéis e locais de passeios disponibilizarem galões de água para os turistas encherem suas garrafas reutilizáveis, diminuindo assim a necessidade de compra de garrafas plásticas.

Ainda existe turismo focado em animais também. Em alguns lugares é possível tirar fotos com as araras e jiboias e inclusive manipulá-las, prática que NÃO incentivamos aqui no Live More, Travel More.

Algumas iniciativas de sustentabilidade, como a imperdível Casa do Vidro, são exemplos de como a reciclagem de material descartado pode gerar matéria-prima, empregos e renda, além de contribuir para o meio ambiente. Veja abaixo mais dicas sobre como cuidar de Bonito!

Turismo sustentável em Bonito - Casa do Vidro
Casa do Vidro

Seja um turista consciente

  • Leve canudo, copo, garrafa e outros itens reutilizáveis, essenciais para reduzir o lixo durante sua viagem para Bonito;
  • Compre galão de 5 litros de água (ou mais) no mercado para encher garrafas reutilizáveis;
  • Não utilize produtos químicos no corpo e no cabelo antes das flutuações para evitar contaminação da água dos rios, lagoas e cachoeiras;
selfies com animais silvestres - o que não fazer ao viajar para bonito, ms
  • Não toque ou abrace os animais silvestres, mantenha sempre uma distância mínima e segura;
  • Não ofereça alimentos aos animais silvestres, principalmente com a intenção de atraí-los;
  • Não tire selfies com animais silvestres, pois ao fazer isso incentivamos a exploração animal pelo turismo – conheça as melhores práticas para turismo com animais aqui.

Onde comer em Bonito

A gastronomia também é um incentivo para você viajar para Bonito. Confira alguns dos melhores restaurantes da cidade:

Onde comer em Bonito MS
Restaurantes em Bonito, MS
  • Juanita: elogiado pelo sabor e atendimento impecável, Juanita oferece pratos regionais a la carte. O prato do dia, bem servido e acompanhado de um suco natural, custa R$ 39,90*. Abre tanto no almoço quanto no jantar.
  • Casa do João: com um ambiente familiar e agradável, a Casa do João é um espaço amplo com música ao vivo, comidas saborosas e bebidas autorais, como a Lagoa Misteriosa. O anfitrião, João, faz com que os clientes sintam-se em casa: passa nas mesas para conversar e trocar uma ideia com os viajantes. Um de seus filhos é o chef da cozinha do restaurante.
  • Marco Velho: quer saber onde comer barato em Bonito? A resposta está no centro da cidade mesmo, no Restaurante Marco Velho. Você pode escolher algum dos pratos a la carte (muito bem servidos por sinal) ou por comer no variado buffet que custa R$43* o quilo.
  • Restaurante Cazero: com comida caseira e estilo self-service, também é conhecido por ter preços mais acessíveis.
  • Zapi Zen: essa pizzaria tem um ambiente agradável e as mesinhas na rua são um charme à parte. Os sabores das pizzas vão dos mais clássicos aos mais elaborados, e a borda recheada é a especialidade da casa. Para dar uma ideia de preço, uma pizza broto especial, que seria uma porção individual, custa R$ 35*.
  • Delícias do Cerrado: para se refrescar um pouco, conheça essa sorveteria com sabores de frutos do Cerrado. Aqui tem sorvete de Pequi, Guariroba, Araticum, Buriti, Graviola e outros tantos mais.

Perguntas frequentes

Quem nasce em Bonito é…

Bonitense! Mas sempre tem uns bonitos por aí que dizem outra coisa 😂.

Qual a melhor época para ir a Bonito, MS?

A melhor época para viajar para Bonito é no inverno, entre junho e setembro. Essa é a estação mais seca, quando a visibilidade da água chega ao seu ponto máximo. E, de quebra, é a época de avistamento de araras também.

Quanto custa para ir para Bonito, Mato Grosso do Sul?

Bonito é considerado um destino caro para viajar considerando os padrões brasileiros, especialmente em função das atrações, que são praticamente todas pagas e com preços tabelados. Para equilibrar os valores, considere escolher hospedagens e restaurantes mais econômicos.

O que tem para fazer em Bonito?

Bonito é um destino essencialmente de ecoturismo. Você encontra atrações que vão desde flutuação, mergulho e banhos de cachoeira a trilhas, avistamento de pássaros e rapel. Confira nosso artigo sobre o que fazer em Bonito.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre Bonito, dá para ter uma ideia de como são os atrativos da região, não é? Garantimos que depois de conhecer pessoalmente, dá até vontade de sugerir uma alteração no nome da cidade…Lindo ou Belíssimo, cairiam muito bem também. E aí, partiu viajar para Bonito?

* Os valores mencionados foram coletados em dezembro de 2022 apenas para referência e estão sujeitos a alteração.

Apoio: Deixamos aqui um agradecimento especial a nossa parceira Agência Ygarapé que organizou todo o roteiro da viagem e nos apoiou para que este conteúdo baseado em nossa experiência chegasse de forma gratuita até você. 🥰

Leia mais: